Warning: is_readable(): open_basedir restriction in effect. File(D:\domains\aevp.pt\httpdocs/wp-content/plugins/D:\domains\aevp.pt\httpdocs\wp-content\plugins\astra-sites\inc\lib\gutenberg-templates/languages/ast-block-templates-en_GB.mo) is not within the allowed path(s): (D:/domains/aevp.pt\;C:\Windows\Temp\) in D:\domains\aevp.pt\httpdocs\wp-includes\l10n.php on line 783
WiM – AEVP

Vinho com Moderação

Compromisso Vinho com Moderação

No âmbito da Política de Saúde Pública da UE e, pela primeira vez, a Comissão Europeia adoptou, em Outubro de 2006, uma Estratégia específica para Apoiar os Estados Membros na minimização dos efeitos nocivos do álcool.

 

Esta Estratégia visa definir boas práticas e áreas de importância socioeconómica e relevantes para a Comunidade em que podem ser conseguidos mais avanços, e explica como é que a Comissão pode apoiar e complementar ainda mais as políticas nacionais de saúde pública implementadas pelos Estados Membros em cooperação com as partes interessadas, tendo em consideração que os padrões e culturas de consumo de álcool variam em toda a UE.

 

Para informação complementar sobre o “Programa Vinho com Moderação, Art de Vivre” visite o site www.wineinmoderation.eu

5 temas prioritários da estratégia de álcool e saúde:

  • Proteger os jovens, as crianças e os nascituros;
  • Reduzir os danos e mortes resultantes de acidentes rodoviários relacionados com álcool;
  • Impedir os efeitos nocivos relacionados com o álcool nos adultos e reduzir o impacto negativo no local de trabalho;
  • Informar, educar e sensibilizar para o impacto de um consumo nocivo e perigoso de álcool, e padrões adequados de consumo;
  • Desenvolver e manter uma base empírica comum ao nível da UE.

Como pedra basilar para a implementação desta Estratégia, foi criado, em 2007, um Fórum Europeu de Álcool e Saúde (Gráfico FEAS) para servir de plataforma comum a todas as partes interessadas que se comprometeram a encetar acções relevantes necessárias para reduzir os efeitos nocivos relacionados com o álcool.


Com a firme intenção de promover um consumo de vinho responsável e moderado como norma social e cultural, todo o sector vitivinícola europeu (CEEV, COPA-COGECA, CEVI) uniu-se e lançou um extenso programa pan-europeu designado “Wine in Moderation – Art de Vivre” (WIM) (traduzido em Portugal para “Vinho com Moderação – Art de Vivre” (VCM)) como compromisso tangível e mensurável do sector vitivinícola para com o Fórum Europeu de Álcool e Saúde.


O programa-compromisso VCM foi lançado em 2008 com o objectivo de apoiar iniciativas que procuram reduzir comportamentos nocivos relacionados com o álcool na Europa, preservando o papel cultural, ambiental e económico do vinho na sociedade europeia.

Princípios do Compromisso

A maioria dos consumidores desfruta o vinho com moderação, mas uma minoria faz um uso impróprio das bebidas alcoólicas: todos os representantes do sector vitivinícola – em todas as regiões, e em cada etapa da cadeia de valor – têm um papel a desempenhar na procura das melhores formas para comunicar a importância da moderação.

 

Não há uma só forma europeia de consumir vinho. Os padrões de consumo de álcool dependem grandemente das tradições locais, educação, sexo, faixa etária e factores socioeconómicos; os esforços para promover a moderação devem ser pensados em função das necessidades de cada população.

 

Muitos actores do sector vitivinícola na Europa têm vindo a promover, com sucesso, a moderação. Cada esforço bem-sucedido, mesmo se local, deve ser utilizado para difundir as “melhores práticas” e ser adaptado e reproduzido sempre que possível.

 

Os esforços para promover a moderação devem basear-se em investigação fundamentada e nos aspectos sociais e culturais.
A investigação existente e futura deve ser recolhida e analisada ao nível da UE para desenvolver provas científicas.