Warning: is_readable(): open_basedir restriction in effect. File(D:\domains\aevp.pt\httpdocs/wp-content/plugins/D:\domains\aevp.pt\httpdocs\wp-content\plugins\astra-sites\inc\lib\gutenberg-templates/languages/ast-block-templates-en_GB.mo) is not within the allowed path(s): (D:/domains/aevp.pt\;C:\Windows\Temp\) in D:\domains\aevp.pt\httpdocs\wp-includes\l10n.php on line 783
Região do Douro – AEVP

Região Demarcada do Douro

Situada no nordeste de Portugal, na bacia hidrográfica do Douro, rodeada de montanhas que lhe dão características mesológicas e climáticas particulares, a região estende-se por área total de cerca de 250 000 ha, estando dividida em três sub-regiões naturalmente distintas, não só por factores climáticos como também sócio – económicos.

 

Essas características existentes na região do Douro são condicionadoras do aproveitamento económico dos recursos naturais e das actividades aí desenvolvidas.

Antigamente, era apenas no Alto Douro que a cultura da vinha tinha grande expansão, sendo nessa altura a designação de ‘ Alto Douro ‘ adoptada pelos autores para se referirem à zona vinhateira que hoje é o Baixo e o Cima Corgo.

 

Um dos limites originais de demarcação separava o Alto Douro do Douro Superior, na zona do Cachão da Valeira. Esta divisão devia-se a um acidente geológico (o monólito de granito existente no rio que impedia a navegação do Rio Douro para montante desse obstáculo). Era visível a diferença entre as duas zonas, bastando verificar o desenvolvimento mais notório da cultura da vinha no Alto Douro.

Posteriormente, com a remoção do bloco de granito no reinado de D. Maria, a cultura da vinha estendeu-se para leste, embora continuando a representar no Douro Superior uma importância menor do que no Alto Douro.

 

Com a reforma administrativa de 1936, a própria região do Alto Douro passou a ser designada por Baixo Corgo e Alto Corgo, servindo esta subdivisão também para diferenciar os vinhos produzidos numa ou noutra sub-região.

A áera de vinha assume maior importância no Baixo Corgo, onde ocupa cerca de 29,9% da área desta sub-região, que se estende desde Barqueiros na margem Norte e Borrô na margem Sul até à confluência dos rios Corgo e Ribeiro de Temilobos com o Douro

O Cima Corgo estende-se para montante até ao Cachão da Valeira, tendo menor importância a área cultivada de vinha. O Douro Superior prossegue até à fronteira com Espanha.

Mapa da Região Demarcada do Douro:

Fonte IVDP

Galeria de fotos do Vale do Douro, correspondentes a alguns dos nossos Associados.

Quer saber mais?

Convidamo-lo a visitar o site do IVDP, que contém mais informação sobre a Região Demarcada do Douro.